Tico e Teco

As vezes fico a pensar no meu tico e Teco

Na forma agitada em que falo, penso

Eles devem sofrer, e muito, com a correira diária

Imagino minha mente cheia de gavetas

Arquivos e mais arquivos, e olha que eu adoro guardar um papel

Gosto de um hipertexto, de um link, de várias abas…

E assim o Tico correndo pra um lado, o Teco pro outro

Se trombando, suando…

Mas no final tudo anda dando certo

Mesmo com a avançar da idade

Eles são muito mais espertos do que aqueles do desenho animado

 

Será?

E tudo muda, o tempo todo

E como no deserto, onde o vento molda a areia

Assim ele leva nossa vida para frente

 

As vezes já fizemos planos pra viagem

Estipulamos nosso roteiro

E ele chega desarrumando as malas

Mudando o ticket da passagem

E nos faz enfrentar o inesperado

O duvidoso….

 

Mas que deixa aquele frio bom na barriga

Apenas pensando “será”?

Quem se atreve a entender o tempo