No nada, o tudo

Naquele dia, fez escuridão

Desconectados do mundo, encontramos o mundo.

Mundo de ideias e de sorrisos,

do nada e do tudo.

 

E a leveza de descobrir que nada é melhor

do que viver o tudo, de forma simples.

A noite passou, conectados voltamos

Mas em nós do que no mundo, com certeza.

Anúncios

Tico e Teco

As vezes fico a pensar no meu tico e Teco

Na forma agitada em que falo, penso

Eles devem sofrer, e muito, com a correira diária

Imagino minha mente cheia de gavetas

Arquivos e mais arquivos, e olha que eu adoro guardar um papel

Gosto de um hipertexto, de um link, de várias abas…

E assim o Tico correndo pra um lado, o Teco pro outro

Se trombando, suando…

Mas no final tudo anda dando certo

Mesmo com a avançar da idade

Eles são muito mais espertos do que aqueles do desenho animado

 

Será?

E tudo muda, o tempo todo

E como no deserto, onde o vento molda a areia

Assim ele leva nossa vida para frente

 

As vezes já fizemos planos pra viagem

Estipulamos nosso roteiro

E ele chega desarrumando as malas

Mudando o ticket da passagem

E nos faz enfrentar o inesperado

O duvidoso….

 

Mas que deixa aquele frio bom na barriga

Apenas pensando “será”?

Quem se atreve a entender o tempo

Nessa mistura

Um pouco de mim
Um tanto dele
E dessa mistura vem o desconhecido
Lindo por sinal
Que se abre a cada sorriso dela

O desconhecido futuro
O desconhecido medo
O desconhecido amor

Aprendendo um pouco do mundo dela
Descubro que o desconhecido era eu
Que mal sabia de mim

CASULO

No meu casulo me sinto segura

Ninguém o conhece como eu

Cada lugar, greta e goteiras

O cheirinho de limpeza de alguns cantos

Em outros a poeira abafa e silencia meus segredos

Onde quer entrar?

Por acaso é meu convidado?

Não, isso não!

Me fale onde deseja chegar

Naquele canto guardo meus tesouros

Ali meus desamores

Naquela caixinha ficam as minhas chaves

Que podem abrir qualquer um dos meus baús

Seja o da felicidade ou o da tristeza

Tem aquele enorme onde guardo minhas lembranças

Ah, os sonhos! Resolvi não guardá-los

Porque não consegui encontrar lugar

Com capacidade para guardar tamanha alienação

 

Se quiser entrar, fique a vontade…

Só não me peça emprestado!